Never Been Hurt.
No palco, na praça,
no circo, num banco de jardim
Correndo no escuro,
pichado no muro
Você vai saber de mim.
Chico Buarque.
Ninguém sabe como tenho andado, nem mesmo ela que me vê sorrir todos os dias. Acho que ela não suportaria a ideia de que estou me perdendo. Se eu que tenho ombros largos estou me sentindo tão pesado, tão triste, ela por si só, não aguentaria com esses pequenos e delicados ombros. É por isto que me distancio das pessoas e do mundo. Mas no final do dia fico tão atordoado com o sentimento de que poderia ter gritado, poderia ter me revoltado, feito birra, pedido colo. Também confesso que morria de medo de mostrar para o mundo o quanto estava frágil. Eles poderiam usar isto contra mim. Ou pior: não demonstrar nenhuma preocupação. Isto me matava cada vez mais.
Os porquês de Amélia Roswell.
This ad is supporting your extension Auto Refresh Plus: More info | Privacy Policy | Hide on this page